Dia Internacional do Chocolate: Estes são os países com o melhor chocolate do mundo

Este 13 de setembro o mundo presta homenagem ao chocolate, o alimento derivado do cacau. Por que esse dia é comemorado? Talvez você se lembre com muita simpatia de Willy Onionka, o personagem interpretado por Johnny Deep naquele filme infantil de “Charlie e a fábrica de Chocolate”.

13 de setembro corresponde à data de nascimento de Roald Dahl, autor da história; por esse motivo, em homenagem e comemoração é comemorado o Dia Internacional do Chocolate.

Entre as muitas curiosidades que giram em torno do chocolate, uma delas é que, embora pareça difícil de acreditar, A maior produção de cacau do mundo é desenvolvida pelo pequeno país africano da Costa do Marfim. Os índices de produção aqui atingem 40% sobre o total de chocolate no mundo.

A seguir, alguns dos lugares que você não pode deixar de conhecer se for um chocoadicto:

Suíça

devemos muito a este país. Acima de tudo, as grandes marcas de chocolate que nos fazem suspirar nas lojas: Tobletone, Swiss Army, Cailler de Nestrlé, Lindt e Glando.

a Suíça é conhecida e reconhecida mundialmente pela produção de chocolates e chocolates com um alto nível de qualidade y e, claro, um ótimo sabor sem igual. Este país montanhoso localizado na Europa Central começou a produção de cacau e fabricação de chocolate por volta dos anos correspondentes ao século XVII.

um fato tão curioso quanto surpreendente é que os habitantes da Suíça comem cerca de 18 kg de chocolate por ano.

Bélgica

talvez a Bélgica também devamos agradecer um pouco: eles se adjudicaram a invenção do chocolate recheado. No ano de 1912, um homem chamado Jean Neuhaus produziu o chocolate ao estilo praliné com amêndoas ou avelãs e o mundo enlouqueceu com o sabor rico.

a Bélgica é um país que produz cerca de 220 toneladas de chocolate por ano, grande parte delas é destinada à venda nas lojas de aeroportos.

Dinamarca

embora se possa dizer que este país não é distinguido principalmente pela produção de chocolate, é um dos lugares com a maior produção do mundo e onde é possível encontrar algumas das marcas mais famosas. Na Dinamarca nasceram os Bounty, Snickers, Mars E T Onyx, entre outros.

Peru

embora os países da Europa obtenham vantagem no que diz respeito à elaboração do chocolate, a América Latina conserva uma parte importante no que diz respeito à plantação de cacau.

em 2015, o peru foi consagrado com um prêmio de melhor Chocolatier na cerimônia do International Chocolate Awards. A conquista foi para a marca peruana de chocolate Cacaosuyo, referência na elaboração com produtos orgânicos.

Itália

como mencionamos, cada país se encarregou de dar um toque distinto à sua produção de chocolate: por exemplo, a Itália seria a referência no que diz respeito à fabricação das barras de chocolate.

com um alto nível de excelência e numerosa produção de chocolate, aqui poderá encontrar marcas destacadas como Amedei, Venchi, Perugina Sutti. E um ponto e à parte na história para mencionar a marca Ferrero Rocher, a mais conhecida no mundo que tem sua origem na Itália.

a Universidade situada em Oxford, cidade universitária que se encontra localizada na Inglaterra, remonta suas origens e fundação ao ano 1096, convertendo – se assim na universidade mais antiga do mundo.

os níveis de excelência em termos de ensino acadêmico e o potencial de estudantes e profissionais lhe valeram para se posicionar como a melhor Universidade do mundo segundo diversos rankings internacionais. De fato, para conseguir o ingresso na Universidade de Oxford, é requisito aprovar a admissão, este processo é muito rigoroso e consiste na avaliação dos méritos acadêmicos e no potencial que apresente o candidato aspirante. Continue lendo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.